quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Assembleia Legislativa aprova identificação para autistas na saúde

 

 

Os deputados aprovaram o Projeto de Lei (PL) 137/2023, que garante às pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) prioridade de atendimento na rede pública estadual de saúde perante identificação com a pulseira de quebra-cabeça (símbolo mundial da conscientização do TEA). A matéria, de Pablo Muribeca (Patri), foi acatada junto com outras três na sessão ordinária da Assembleia Legislativa (Ales) desta segunda-feira (10).

Todas as quatro propostas tramitaram em regime de urgência, foram relatadas em comissões reunidas, acolhidas pelos membros dos colegiados e acabaram ratificadas pelo Plenário da Casa. Relator do PL 137/2023, Mazinho dos Anjos (PSDB) acatou emenda da Procuradoria que amplia o prazo para vigência da possível lei em 45 dias após a publicação da nova legislação.

Autor da proposição, Muribeca falou que familiares de pessoas com TEA passam por constrangimentos em atendimentos na área da saúde porque muitas vezes não é possível identificar visualmente os autistas. “Ele vai mostrar a pulseira de quebra-cabeça para não ter transtorno, mas um atendimento humanizado”, disse.

Camila Valadão (Psol) destacou que o projeto não é para as pessoas com TEA passarem na frente das demais pessoas com deficiência, mas para dar condições de identificação e lembrou que a Lei Federal 13.146/15 (Estatuto da Pessoa com Deficiência), inclusive, já insere os autistas entre as prioridades. “A pessoa com autismo muitas vezes não é perceptível e a ideia da identificação é para garantir que essas pessoas não sejam expostas, questionadas ou vítimas de violência”, afirmou.

Também trataram do assunto os deputados Zé Preto e Callegari (ambos do PL), Tyago Hoffmann (PSB), Engenheiro José Esmeraldo (PDT), Sergio Meneguelli (Republicanos), Denninho Silva (União) e Allan Ferreira (Podemos). Vários deles cobraram mais recursos do governo estadual para o tratamento das pessoas com TEA e implantação de centros de acolhimento nos municípios.“Precisamos urgentemente de políticas públicas pontuais para a causa autista. A consciência precisa chegar às prefeituras e aos governos federal e estadual. Precisamos de centros de tratamento de autistas em todas as regiões. As Apaes têm uma fila de mais de 7 mil crianças na fila de espera”, alertou Ferreira.

Matéria relacionada

Hospital Infantil de Vitória forma nova turma de profissionais da saúde no curso de Residência Médica.

Hospital Infantil de Vitória forma nova turma de profissionais da saúde no curso de Residência Médica.

  O Hospital Estadual Infantil Nossa Senhora da Glória (Hinsg), localizado em Vitória, concluiu mais uma turma do Programa de Residência Médica em Pediatria Geral da unidade, em cerimônia realizada

‘FelizIdade’: residentes do ICEPi criam grupo para promover saúde de idosos em Vila Velha.

‘FelizIdade’: residentes do ICEPi criam grupo para promover saúde de idosos em Vila Velha.

  O dia a dia dos idosos que são atendidos na Unidade de Saúde da Família (USF) de Divino Espírito Santo, em Vila Velha, ganhou uma atividade nova em prol

Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves abre novas vagas de emprego

Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves abre novas vagas de emprego

    O Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, localizado na Serra, está com oportunidades de emprego, totalizando 38 vagas disponíveis para diferentes cargos, proporcionando uma variedade de opções para

HEC bate recorde interno de procedimentos de tratamento do AVC isquêmico agudo    

HEC bate recorde interno de procedimentos de tratamento do AVC isquêmico agudo   

    No mês de janeiro, a unidade de Acidente Vascular Cerebral (AVC) do Hospital Estadual Central - Dr. Benício Tavares Pereira (HEC), localizado em Vitória, atingiu números recordes, na

Entenda como fica a disputa republicana após vitória de Trump na Carolina do Sul.

Entenda como fica a disputa republicana após vitória de Trump na Carolina do Sul.

  O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump venceu as primárias presidenciais republicanas da Carolina do Sul derrotando Nikki Haley em seu território. A vitória do ex-presidente no estado de

Alagamentos fazem Deputado Callegari pedir renuncia do Prefeito de Cachoeiro

Alagamentos fazem Deputado Callegari pedir renuncia do Prefeito de Cachoeiro

    Em vídeo publicado nas redes sociais, o presidente do diretório municipal do PL de Cachoeiro, deputado Wellington Callegari, foi enfático ao pedir a renúncia do prefeito de Cachoeiro,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima