domingo, 25 de fevereiro de 2024

Comissão de proteção a criança e ao adolescente presidida pelo Deputado Alcantaro promove reunião para debater segurança nas escolas

 

 

A comissão de Proteção à Criança e Adolescente da Assembleia Legislativa promoveu na última quinta-feira (30), uma audiência pública em Coqueiral de Aracruz, Norte do Estado, para tratar assuntos a respeito da segurança de escolas.

A necessidade de fazer a audiência no bairro do município de Aracruz veio por conta dos ataques às duas escolas, no fim do ano passado, promovidos por um adolescente que deixou vítimas fatais.

O encontro foi proposto pelo deputado estadual Alcântaro Filho (Republicanos), presidente da comissão, e contou com a presença de secretários do governo, como o de Segurança, Alexandre Ramalho.

“O poder público falhou, tanto a polícia quanto qualquer outro ente do governo do Estado ou do município não estava preparado para tudo aquilo que aconteceu”, disse o deputado.

Já o secretário de Segurança, Alexandre Ramalho, destacou que o Executivo está tomando todas as medidas para prevenir esse tipo de atentado no futuro.

Emoção

Em uma fala emocionada, Juliana Pessoti fez todo auditório a aplaudir de pé por um longo período. A mãe da estudante Thaís Pessoti, que sobreviveu ao atentado e somente nesta semana voltou para casa, falou como foi e ainda está sendo difícil enfrentar essa nova realidade. A professora falou com orgulho de como a filha vem avançando no tratamento e enfrentando os desafios.

“Foi um momento muito difícil e está sendo muito difícil. Voltar para casa é como se a gente ainda estivesse vendo um filme. A Thaís tem consciência do que aconteceu com ela. Ela não fala porque a bala atingiu a parte do cérebro responsável pela compreensão e pela fala. Ela tem tido muita garra e muita força para superar todos esses obstáculos. A Thaís ainda tem muitas etapas para conquistar. Mas o meu coração de mãe diz que a gente só não quer viver isso de novo. A gente como pai e mãe, a gente tem que olhar para os nossos filhos, a gente tem que conversar, tem que falar sobre tudo e cumprir o nosso papel”, enfatizou.

Relembre o caso

Na manhã de 25 de novembro de 2022 um adolescente de 16 anos invadiu duas escolas, uma pública e uma particular, no município de Aracruz. O invasor estava armado e abriu fogo contra alunos e servidores das instituições. Quatro pessoas morreram, entre elas uma estudante de 12 anos e outras 12 pessoas ficaram feridas.

Matéria relacionada

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

    A população de Porto Novo vai poder conferir diversos serviços de cidadania na 16ª edição do Cariacica + Perto de Você, que acontece neste sábado (24), no antigo

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

  Após os dias acelerados na cidade de Cachoeiro, onde o vereador Júnior Corrêa (PL) decidiu retirar seu nome da disputa, o PL agiu rápido e vem arquitetando seu palanque

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

  A Assembleia Legislativa do Espírito Santo inaugura no dia 21 de fevereiro a exposição "Camata - A Voz da Imigração Italiana", uma experiência única que homenageará o saudoso líder

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

  Fontes revelaram que o ex-prefeito e atual deputado estadual Theodorico Ferraço foi na desejada macieira do Partido Liberal cachoeirense (PL), pegou a bela maçã, poliu e a jogou no

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

  O início do Circuito da Folia na capital capixaba foi marcado pela presença de aproximadamente 100 mil foliões, celebrando o início do Carnaval. Uma iniciativa inédita da Prefeitura Municipal

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

  A primeira sessão ordinária de 2024 da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) ocorre nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15 horas. O presidente da casa de leis capixaba,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima