sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Carnaval sem feminicídio e com 16 homicidios no ES

 

O número representa o segundo menor índice desde 2001, de acordo com dados do Observatório da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Pessoal

O Carnaval no Espírito Santo foi marcado por 16 homicídios. De acordo com dados do Observatório da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), o número representa o segundo menor índice desde 2001, e foram contabilizados das 18h da última sexta-feira (17) até as 23h59 desta quarta (22).

 

Dos homicídios registrados, 7 ocorreram na Região Metropolitana da Grande Vitória, 3 na Região Norte, 2 na Região Sul, 3 na Região Noroeste e um na Região Serrana. Dois desses casos foram em locais de festa, sendo um em Marataízes e outro em Jacaraípe, na Serra.

 

 

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, destacou o planejamento das forças de segurança e disse que não existe clima de comemoração, mas de reconhecimento pelo resultado alcançado.

 

 

“Claro que não queríamos nenhuma morte em nosso Carnaval. É um período que historicamente temos problemas, pois além de envolver grandes multidões, tem a questão de consumo em excesso de bebidas, o tráfico de entorpecentes”, destacou.

Além disso, o secretário ressalta que, a maioria das confusões e problemas que foram registrados, ocorreram fora do horário determinado pelas administrações municipais, dos blocos e festas oficiais. “Agora, vamos trabalhar para manter índices baixos também no nosso dia a dia”, afirmou Ramalho.

 

Sem registro de feminicídio no feriado

Durante os dias de folia, nenhuma mulher foi assassinada, seja por causas de violência doméstica ou por qualquer fator. Atualmente, no geral, o Estado apresenta redução de homicídios do sexo feminino, sendo oito casos em janeiro desse ano, contra 15 no mesmo mês do ano passado.

 

“Nenhuma morte de mulher nesse período, em que elas sofrem tanto com assédio, a questão da violência doméstica. Temos que conseguir tornar essa situação normal. Ninguém é dono de ninguém e o feminicídio é um crime de covardia, essa cultura tem que acabar”, disse o secretário Alexandre Ramalho.

Matéria relacionada

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

    A população de Porto Novo vai poder conferir diversos serviços de cidadania na 16ª edição do Cariacica + Perto de Você, que acontece neste sábado (24), no antigo

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

  Após os dias acelerados na cidade de Cachoeiro, onde o vereador Júnior Corrêa (PL) decidiu retirar seu nome da disputa, o PL agiu rápido e vem arquitetando seu palanque

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

  A Assembleia Legislativa do Espírito Santo inaugura no dia 21 de fevereiro a exposição "Camata - A Voz da Imigração Italiana", uma experiência única que homenageará o saudoso líder

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

  Fontes revelaram que o ex-prefeito e atual deputado estadual Theodorico Ferraço foi na desejada macieira do Partido Liberal cachoeirense (PL), pegou a bela maçã, poliu e a jogou no

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

  O início do Circuito da Folia na capital capixaba foi marcado pela presença de aproximadamente 100 mil foliões, celebrando o início do Carnaval. Uma iniciativa inédita da Prefeitura Municipal

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

  A primeira sessão ordinária de 2024 da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) ocorre nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15 horas. O presidente da casa de leis capixaba,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima