sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Praia de Barra Seca tem o 1 condomínio naturista no Espírito Santo

 

 

A única praia naturista do Espírito Santo, onde é permitido tomar banho de sol e de mar totalmente pelado, inspirou de tal forma seus frequentadores que eles decidiram que não ficariam sem roupa apenas naquela faixa do litoral.

Essa turma abraçou a filosofia do chamado naturismo de tal forma que construíram um condomínio residencial, onde roupa também é a última preocupação.

A proeza começou lá em 1999, quando um grupo de 10 adeptos resolveu fundar o Condomínio Barra Seca. O nome é o mesmo da praia, localizada no distrito de Barra Seca, em São Mateus, cidade da Região Norte.

O refúgio fica bem pertinho da praia, que é localizada numa península. Para chegar à areia, é necessário pegar carona de barco, que é fornecido pela parceria dos condôminos com uma pousada local.

Atualmente, o condomínio conta com dez unidades, sendo oito proprietários e três moradores fixos. Por lá, o que impera é a liberdade mas de acordo com a vontade de cada um.

Quem quiser permanecer vestido, pode. Quem quiser ficar como veio ao mundo, é bem-vindo também, que é o caso da maioria dos que ali frequentam.

“Surgiu em 1999 com 10 pessoas que frequentavam a praia. Veio mais da necessidade de ter um apoio, um lugar para ficar quando vínhamos a Barra Seca. Na época havia poucas pousadas, poucos lugares para ficarmos hospedados, então decidimos fundar o condomínio”, conta o professor Mauro Salvador Toscano, 62 anos, síndico e presidente da Associação de Naturistas do Espírito Santo (Nates).

Mantendo a casa em ordem

Toscano, que mora na Serra, administra o Barra Seca de longe. Ele conta que ,por lá, tudo funciona como em qualquer outro condomínio. Trabalhar sem roupa não espanta ninguém de lá.

“Temos um jardineiro que mora lá mesmo, o que ajuda bastante. Quando algum morador ou proprietário está passando tempo por lá e precisa de algo, me telefona e diz exatamente qual manutenção precisa ser feita”, explica.

O síndico conta ainda que não consegue passar mais do que um mês sem ir até o local. “Quando vou, passo direto um mês, um mês e meio. Compro tudo que é necessário, faço todas as compras”.

E engana-se quem pensa que só capixabas frequentam o condomínio. Neste mês, Guarapari foi sede do Congresso da Federação Nacional de Naturismo, e recebeu adeptos do país inteiro. Eles aproveitaram para conhecer Barra Seca e, claro, o cantinho do professor e companhia.

Leia Também: Praia de naturismo do ES é opção da rota brasileira para quem quer fazer trilha pelado

“Recebemos pessoas o tempo todo. No dia do congresso, foram umas 12 para a praia e uns seis ou sete foram conhecer o condomínio. Também recebemos amigos, parentes, família”, disse.

Uma história de amor

O síndico conta que a paixão pelo naturismo é antiga, ainda dos seus tempos de solteiro. E que o movimento preconiza a comunhão com a natureza e, também, o bem-estar com o próprio corpo.

Além dele, a esposa e os dois filhos também são adeptos do estilo de vida e partilham com ele todas as sensações e experiências que a prática proporciona.

“É algo meio difícil de ser claro, porque a pessoa só vai entender quando chega lá, tira a roupa e se sente à vontade para curtir. Estar em contato com a natureza, como veio ao mundo, sem roupas, sem preconceito”, destaca.

Leia Também: Praia de Linhares é referência em naturismo no país. Saiba o que é permitido e proibido no local!

“Não importa se a pessoa é alta, baixa, gorda, magra, a profissão dela, nada disso importa. Depois é que vamos nos conhecendo melhor, sabendo da vida e caminhada uns dos outros, criando ainda mais união”, finalizou.

Lar, doce, lar

Além do síndico, quem também se entregou totalmente à vida natural foi o aposentado Geraldo Magela Bichara, 73 anos. Ele é um dos moradores fixos do Barra Seca e largou toda a agitação das grandes metrópoles como São Paulo e Nova Iorque, para morar no condomínio.

“Aqui é meu porto seguro. Sempre procurei um refúgio, escapar das grandes cidades e encontrei isso aqui. Vou a Linhares duas vezes por mês, faço compras, pago contas, corto o cabelo e volto rapidinho”, relatou.

Praia capixaba é referência em naturismo no Brasil

Bichara é frequentador do condomínio e da praia há 20 anos e adquiriu uma casa no local para se estabelecer em definitivo há sete anos.

Ele conta que sempre teve vontade de viver desta forma, mas que seu primeiro contato com o naturismo real aconteceu em 1969, quando se mudou para os Estados Unidos.

“Eu sempre fui um naturista mesmo sem saber. Sempre gostei de ficar nu, tomar banho nu em rio. Realmente cheguei a conhecer o verdadeiro naturismo quando me mudei para os Estados Unidos em 1969”, recorda.

O aposentado ainda celebra os dias tranquilos no Barra Seca e se mostra, mais do que tudo, grato pela existência do condomínio.

“Se não fosse o condomínio, eu teria que inibir a minha vontade de ficar nu. Aqui não existe nenhum preconceito, cada um vive como bem-quiser, com ou sem roupa”, opina.

Praia de Barra Seca só é liberada para quem vai sem roupa

A praia de Barra Seca foi inaugurada em 1994 e, até 2018, pertencia ao município de Linhares. Naquele ano, por meio de uma lei estadual, o território passou a fazer parte da cidade de São Mateus.

Para chegar até lá, é necessário realizar a travessia de barco, por um valor de R$ 10 (ida e volta). As viagens respeitam as regras da Marinha do Brasil e só podem acontecer durante o dia. Assim que o sol se põe, são encerradas.

A praia conta com o reconhecimento do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) como área de preservação ambiental, por conta da desova de tartarugas marinhas e cuidados com a vegetação nativa.

Por conta destas restrições, o local deve permanecer intocado por construções de alvenaria e todas as estruturas são feitas de madeira ou palha.

Os cuidados com a região ficam por conta dos próprios frequentadores. A entrada é liberada a qualquer um que queira conhecer a praia, desde que tire a roupa.

Matéria relacionada

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

    A população de Porto Novo vai poder conferir diversos serviços de cidadania na 16ª edição do Cariacica + Perto de Você, que acontece neste sábado (24), no antigo

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

  Após os dias acelerados na cidade de Cachoeiro, onde o vereador Júnior Corrêa (PL) decidiu retirar seu nome da disputa, o PL agiu rápido e vem arquitetando seu palanque

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

  A Assembleia Legislativa do Espírito Santo inaugura no dia 21 de fevereiro a exposição "Camata - A Voz da Imigração Italiana", uma experiência única que homenageará o saudoso líder

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

  Fontes revelaram que o ex-prefeito e atual deputado estadual Theodorico Ferraço foi na desejada macieira do Partido Liberal cachoeirense (PL), pegou a bela maçã, poliu e a jogou no

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

  O início do Circuito da Folia na capital capixaba foi marcado pela presença de aproximadamente 100 mil foliões, celebrando o início do Carnaval. Uma iniciativa inédita da Prefeitura Municipal

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

  A primeira sessão ordinária de 2024 da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) ocorre nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15 horas. O presidente da casa de leis capixaba,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima