sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Facebook é condenado a indenizar 8 milhões de brasileiros por vazamento de dados.

 

Nesta quinta-feira (23), a Justiça condenou o Facebook a pagar o valor de R$ 500,00 a cada usuário diretamente atingido pelo vazamento de dados pessoais ocorrido em 2021. A sentença também determina pagamento de R$ 72 milhões a título de danos morais coletivos.

A decisão foi proferida pela Vara Interesses Difusos e Coletivos da comarca da Ilha de São Luís, no Maranhão e a empresa ainda pode recorrer. O juiz Douglas de Melo Martins acolheu parcialmente o pedido, feito pelo Instituto Brasileiro de Defesa das Relações de Consumo – IBEDEC/MA, argumentando que o Facebook, na ocasião, contrariou a proteção legal garantida aos consumidores.

Os direitos seriam referente à privacidade, intimidade, honra e imagem. Isso porque, na época, foram vazados dados pessoais como número de telefone, e-mail, nome, data de nascimento e local de trabalho dos usuários.

De um total de 533 (quinhentos e trinta e três) milhões de usuários atingidos, em 106 países, 8.064,916 (oito milhões sessenta e quatro mil novecentos e dezesseis) são brasileiros, que agora teriam direito ao pagamento da indenização.

MARCO CIVIL DA INTERNET

O Brasil possui o Marco Civil da Internet (Lei N°12.695/2014), que estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da internet no país, incluindo a proteção da privacidade e dos dados pessoais.

Segundo divulgado no Tribunal de Justiça, o juiz entendeu que o Facebook agiu em total desconformidade com o ordenamento jurídico ao permitir a extração de dados de suas plataformas, de milhões de usuários, por ferramentas automatizadas, não importando que o tratamento ilícito tenha sido cometido por terceiro, pois competia ao Facebook a garantia da proteção dos dados pessoais de seus usuários.

O Facebook ainda pode recorrer da decisão, mas caso seja mantida a condenação, a empresa pagará R$ 500,00 por danos morais individuais aos usuários diretamente atingidos, além do pagamento de R$ 72 milhões a título de danos morais coletivos, valor que deve ser revertido ao Fundo Estadual de Interesses Difusos.

Matéria relacionada

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

    A população de Porto Novo vai poder conferir diversos serviços de cidadania na 16ª edição do Cariacica + Perto de Você, que acontece neste sábado (24), no antigo

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

  Após os dias acelerados na cidade de Cachoeiro, onde o vereador Júnior Corrêa (PL) decidiu retirar seu nome da disputa, o PL agiu rápido e vem arquitetando seu palanque

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

  A Assembleia Legislativa do Espírito Santo inaugura no dia 21 de fevereiro a exposição "Camata - A Voz da Imigração Italiana", uma experiência única que homenageará o saudoso líder

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

  Fontes revelaram que o ex-prefeito e atual deputado estadual Theodorico Ferraço foi na desejada macieira do Partido Liberal cachoeirense (PL), pegou a bela maçã, poliu e a jogou no

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

  O início do Circuito da Folia na capital capixaba foi marcado pela presença de aproximadamente 100 mil foliões, celebrando o início do Carnaval. Uma iniciativa inédita da Prefeitura Municipal

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

  A primeira sessão ordinária de 2024 da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) ocorre nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15 horas. O presidente da casa de leis capixaba,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima