sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Golpistas enviam boleto falso para quem está com nome sujo

 

 

Golpistas têm procurado consumidores endividados para aplicar golpes utilizando boletos e chaves Pix falsos, de acordo com a Serasa.
A empresa de score de crédito identificou 3 mil boletos e chaves Pix enganosos entre mais de 10 mil consultas ao seu validador de pagamentos, ferramenta lançada em novembro que permite verificar se o boleto é verdadeiro. Segundo a Serasa, a pesquisa não tem recortes por região ou estado.
Essa é apenas uma amostra das tentativas de fraude, já que nem todos os clientes verificam a procedência do boleto.
Segundo a especialista da Serasa, Camila Cruz, com a alta demanda de inadimplentes buscando renegociar as dívidas no Feirão Serasa Limpa Nome, os fraudadores estão se aproveitando para aplicar golpes nos consumidores.
No geral, os golpistas se passam por representantes de empresas que renegociam dívidas nas redes sociais para oferecer propostas que seriam melhores do que as do mercado.
“Nós não enviamos boletos ou códigos pelas redes sociais, também não chamamos os consumidores através de mensagens para falar de pagamentos e também não geramos boletos em nome de pessoas físicas”, explica Camila.
A especialista da Serasa reforça que a única forma de renegociar e quitar dívidas é por meio dos canais oficiais da empresa. “Através do validador, no site www.serasalimpanome.com.br, o consumidor consegue inserir os dados e verificar se as informações do boleto ou chave Pix são verdadeiras”, diz.
Ela explica que a Serasa só se comunica com clientes por seus canais oficiais: e-mail, telefone e WhatsApp, verificado por selo azul.
De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), são processados cerca de 6 bilhões de boletos anualmente e a instituição calcula que, desde 2018, uma média de R$ 450 milhões em boletos fraudulentos vêm sendo eliminados por ano. Boletos e Pix são os dois meios de pagamentos mais utilizados hoje no Brasil.
Se for vítima dos golpistas, a orientação da Polícia Civil é de que faça o registro do boletim de ocorrência, pelo portal Delegacia Online, no pc.es.gov.br/delegacia-on-line ou indo a delegacia mais próxima. É importante ter prints (capturas de tela), com as mensagens e do comprovante de transferência para registrar.
No entanto, como o cliente faça a transação de forma intencional, as instituições e empresas ficam livres da responsabilidade de ressarcimento.

Matéria relacionada

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

    A população de Porto Novo vai poder conferir diversos serviços de cidadania na 16ª edição do Cariacica + Perto de Você, que acontece neste sábado (24), no antigo

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

  Após os dias acelerados na cidade de Cachoeiro, onde o vereador Júnior Corrêa (PL) decidiu retirar seu nome da disputa, o PL agiu rápido e vem arquitetando seu palanque

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

  A Assembleia Legislativa do Espírito Santo inaugura no dia 21 de fevereiro a exposição "Camata - A Voz da Imigração Italiana", uma experiência única que homenageará o saudoso líder

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

  Fontes revelaram que o ex-prefeito e atual deputado estadual Theodorico Ferraço foi na desejada macieira do Partido Liberal cachoeirense (PL), pegou a bela maçã, poliu e a jogou no

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

  O início do Circuito da Folia na capital capixaba foi marcado pela presença de aproximadamente 100 mil foliões, celebrando o início do Carnaval. Uma iniciativa inédita da Prefeitura Municipal

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

  A primeira sessão ordinária de 2024 da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) ocorre nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15 horas. O presidente da casa de leis capixaba,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima