domingo, 25 de fevereiro de 2024

Pioneira no rock capixaba, Banda Urublues teve seu primeiro cd lançado em 1992

 

Resgate de parte da história da música capixaba se deu com o pioneirismo do Urublues. A banda surgiu em 1988, durante uma brincadeira nas dependências da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), mais especificamente em uma sala do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE).

Em 1992, o grupo formado por Cauby Figueiredo, Getúlio Neves, Rodrigo e Vagner Simonassi, foi pioneiro na gravação de um CD no Espírito Santo, quando o mais comum no mercado ainda era o LP, com o trabalho intitulado “Urubues”.
“Na época, o pessoal ouvia muito heavy metal, o movimento era forte, as bandas de rock tupiniquim e de lambada faziam muito sucesso. Eram os som que mais afetavam a galera. Entramos na contramão de tudo isso. Na banda, todos gostavam de blues e resolvemos investir. Sabíamos que podíamos conquistar um público fazendo o nosso blues”, contou Cauby, em 2008, numa entrevista ao portal Deadline.
O primeiro CD do Urublues foi produzido após ter o projeto aprovado pela Lei Rubem Braga, o que, inclusive, foi recebido com surpresa pela banda, conforme relatou Cauby à reportagem de A Gazeta, numa matéria publicada no dia 5 de maio de 1993.
Só a partir daí começou-se a produção musical. Paralelamente, da produção executiva desincumbiam-se os produtores executivos Juvenal Carneiro de Souza e Vera Lúcia da Silva, cujo trabalho acabou viabilizando o disco mediante o apoio do Banco do Brasil, do Banco do Estado da Bahia e da Fundação Ceciliano Abel de Almeida.
O CD “Urublues” consumiu 72 horas, entre gravação e mixagem, no Studio Scalla, então em Jardim América, Cariacica.
Engraçado é que o tempo inicialmente contratado foi estourado em algumas horas, mas o próprio pessoal do estúdio, com Armando Sinkovitz (Porão 22) e Paulinho (Moxuara) à frente, engajaram-se no projeto e estavam, também eles, ansiosos pelo resultado.

Participações
O disco, na época, foi uma conquista dos músicos de Vitória, cuja cena musical efervescia de maneira especial naquele momento. Por isto vários amigos da banda foram chamados a fazer participações especiais, o que muito valorizou o produto final.
Participaram Alexandre Lima, no sax; César Távora, na gaita; Evandro e Saulo Simonassi, na guitarra; Léo, no baixo; Mário B., na bateria; Kátia Brinco, no vocal; e Chico Jr, na programação eletrônica – na música Festa no Céu, gravada com bateria eletrônica.
A prensagem do CD foi feita pela Sony Music no Rio de Janeiro/RJ, e a capa se fez sobre um trabalho do artista plástico Chacal, e informações da época estimam que a tiragem foi de mil exemplares.

A banda
O Urublues tornou-se a mais antiga do Estado ainda em atividade em 2008, ao completar 20 anos e foi, também, o primeiro grupo musical do Espírito Santo a eleger o blues como matéria prima de seu repertório, o que lhe conferiu o título de “Pai do blues capixaba”.
Em 2018, se reuniram para o show de 30 anos, no palco do Beer Blues Festival, realizado no Shopping Boulevard Vila Velha, chegando a quase mil apresentações em três décadas de história.
O início da banda ocorreu em 1988 na Ufes. “Eu fazia jornalismo; Wagner, administração; Getúlio, direito; e Rodrigo, odontologia. Nos juntamos para participar do Festival de Alegre de 1988. Ainda não tínhamos nome, pegamos um poema de Adelino Pires chamado Urublues, fizemos a música, e tocamos no festival”, lembrou Cauby em 2008, ao Deadline.
As realizações da banda traduzem sua importância para a cena. Eles já dividiram palco com Barão Vermelho (RJ), Lulu Santos (RJ), Tribo de Jah (MA) e Celso Blues Boy (SC), entre outros nomes.
Além disso, o Urublues obteve uma conquista que até hoje mantém-se inédita: foi a primeira e única banda capixaba a participar do tradicional Festival de Inverno de Ouro Preto/MG, o que aconteceu em 1995. Em 2002, lançaram o álbum “Fluído”, com 10 faixas.

Matéria relacionada

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

    A população de Porto Novo vai poder conferir diversos serviços de cidadania na 16ª edição do Cariacica + Perto de Você, que acontece neste sábado (24), no antigo

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

  Após os dias acelerados na cidade de Cachoeiro, onde o vereador Júnior Corrêa (PL) decidiu retirar seu nome da disputa, o PL agiu rápido e vem arquitetando seu palanque

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

  A Assembleia Legislativa do Espírito Santo inaugura no dia 21 de fevereiro a exposição "Camata - A Voz da Imigração Italiana", uma experiência única que homenageará o saudoso líder

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

  Fontes revelaram que o ex-prefeito e atual deputado estadual Theodorico Ferraço foi na desejada macieira do Partido Liberal cachoeirense (PL), pegou a bela maçã, poliu e a jogou no

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

  O início do Circuito da Folia na capital capixaba foi marcado pela presença de aproximadamente 100 mil foliões, celebrando o início do Carnaval. Uma iniciativa inédita da Prefeitura Municipal

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

  A primeira sessão ordinária de 2024 da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) ocorre nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15 horas. O presidente da casa de leis capixaba,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima