domingo, 25 de fevereiro de 2024

Artesão da Serra na lista dos 100 melhores do Pais

 

 

Gustavo Andrade

“O congo é tudo para mim, é a minha vida. Foi o congo que me fez ganhar o Brasil todo e o mundo”. A declaração forte, que retrata a essência de uma pessoa, é de ninguém menos do que um mestre, o Mestre Domingos.

 

Aos 65 anos, Domingos Teixeira Marques, morador do bairro Maringá, na Serra, é referência cultural no município e no Estado, mas também tem o reconhecimento nacional.

 

Mestre Domingos foi eleito um dos 100 melhores artesãos do País na 5ª Edição do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato, a mais importante premiação do setor do Brasil. Foram mais de 1.200 trabalhos analisados, vindos de todos os estados.

 

Do Espírito Santo, apenas dois artesãos estão nesse renomado elenco, e Mestre Domingos está lá, levando para todos os cantos o congo – a maior manifestação folclórica capixaba – e tudo o que vem junto dele.

 

Para a seleção, ele confeccionou um bumbo, um tambor e uma casaca, e a avaliação durou dois meses. Como entrou na lista dos Top 100, foi ao Rio de Janeiro para a premiação e os instrumentos vão ficar expostos no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (Crab), no Rio.

 

“Falar de congo é falar de paixão, de dedicação. Minha arte é confeccionar instrumentos para o congo, tão tradicional na nossa cidade da Serra. Faço casaca, tambor, cuíca, bumbo, caixa, atabaque, além dos mastros para a Festa de São Benedito”, destaca o mestre.

 

“A arte está desde o início, até mesmo na forma de achar a madeira certa e tirar o tronco no brejo. Uso vários tipos de madeira, como guanandi, caxeta e pinus. Antes a gente fazia tudo no machado, mas algumas coisas já se modernizaram e hoje usamos também a plaina, o que reduz o tempo de produção, mas sempre com muito cuidado e amor pelo que estamos fazendo”, detalhou Domingos.

 

O atelier do Mestre Domingos fica no bairro Tubarão, mas ele sempre está desenvolvendo seus trabalhos também na Associação das Bandas de Congo (ABC) da Serra. O artesão é ainda monitor cultural na Estação Cidadania e Cultura, em Novo Porto Canoa.

 

“Sou do congo há 54 anos, desde os meus 11 anos. Tenho muito orgulho da nossa cultura e para mim é gratificante demais poder ensinar essa arte, principalmente com as crianças, os adolescentes. Desde cedo é preciso entender e amar a nossa cultura e é isso que quero mostrar com a minha arte, para que as próximas gerações mantenham essa tradição. Esse prêmio do Sebrae é um reconhecimento muito grande”, afirma.

 

Além de confeccionar os instrumentos e mastros, Mestre Domingos tem um trabalho ímpar de resgatar bandas de congo pelo Espírito Santo afora.

 

“Me chamam, eu vou. A gente precisa fazer isso para nossa cultura permanecer. Só em Guarapari já ajudei a resgatar cinco bandas de congo. É muita alegria! Tem aluno meu que já se apresentou fora do País e tem muitos instrumentos que fiz que estão também rodando o mundo”, conta o capixaba, sorrindo e tocando a casaca dentro da Associação das Bandas de Congo da Serra.

 

Além da Serra, o artesão também desenvolve trabalhos em Guarapari, cidade natal da esposa, onde é presidente da Banda de Congo do município.

 

“Mestre Domingos é um ícone da cultura da capixaba, um orgulho do nosso Estado e, sobretudo, da Serra. Ficamos extremamente orgulhosos com o reconhecido do trabalho dele, que dedica a vida à cultura e ao congo”, declara o secretário municipal de Turismo, Esporte e Lazer, Enivaldo Dias Pereira.

 

Mais sobre o prêmio

De acordo com as regras do Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato, as etapas de seleção se basearam em oito critérios de avaliação: qualidade técnica, qualidade estética, qualidade simbólica, qualidade da inovação, condições de trabalho, organização da produção, compromisso socioambiental, experiência comercial e estratégias de adaptação.

 

A última fase foi a avaliação de cinco juradas “com notório saber nas áreas de comercialização para o mercado artesanal, turismo, empreendedorismo, artesanato e cultura brasileira”.

 

Os 100 escolhidos ganham reconhecimento nacional, além do direito de usar o selo “Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato – 5ª Edição” por três anos. O prêmio inclui ainda a produção e lançamento de um catálogo comercial com informações das premiadas e de um conjunto de vídeos sobre as melhores práticas divulgadas no site do Sebrae.

Matéria relacionada

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

    A população de Porto Novo vai poder conferir diversos serviços de cidadania na 16ª edição do Cariacica + Perto de Você, que acontece neste sábado (24), no antigo

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

  Após os dias acelerados na cidade de Cachoeiro, onde o vereador Júnior Corrêa (PL) decidiu retirar seu nome da disputa, o PL agiu rápido e vem arquitetando seu palanque

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

  A Assembleia Legislativa do Espírito Santo inaugura no dia 21 de fevereiro a exposição "Camata - A Voz da Imigração Italiana", uma experiência única que homenageará o saudoso líder

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

  Fontes revelaram que o ex-prefeito e atual deputado estadual Theodorico Ferraço foi na desejada macieira do Partido Liberal cachoeirense (PL), pegou a bela maçã, poliu e a jogou no

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

  O início do Circuito da Folia na capital capixaba foi marcado pela presença de aproximadamente 100 mil foliões, celebrando o início do Carnaval. Uma iniciativa inédita da Prefeitura Municipal

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

  A primeira sessão ordinária de 2024 da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) ocorre nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15 horas. O presidente da casa de leis capixaba,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima