domingo, 25 de fevereiro de 2024

Você pratica sexo seguro (com preservativo)?

 

33% dos brasileiros já mantiveram relação sexual sem preservativo sem parceria fixa. 64% da população não usa preservativo na relação sexual, diz estudo.

A informação é da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), divulgada em 2021 pelo IBGE. 0,6% da população com mais de 18 anos, o que equivaleria a aproximadamente 1 milhão de pessoas afirmaram ter diagnóstico médico de IST (infecção sexualmente transmissível) ao longo de 2019.

Já a taca de transmissão do vírus HIV no Brasil aumentou 21% enquanto sofreu uma queda de 16% no restante do mundo, segundo o Unaids (programa das Nações Unidas, desenvolvido para prevenir o avanço do HIV.

As camisinhas (preservativos) são de fundamental importância na redução da incidência de IST. Além de evitar gravidez indesejadas, já que a iniciação sexual no nosso país está acontecendo com cada vez menos idade.

Dados do Sistema de informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc/SUS) mostram que um em cada sete nascimentos vem de mães adolescentes. 

O mais recente estudo da Famivita revelou que 64% da população não tem como hábito usar preservativo na relação sexual.

Em se tratando da faixa etária, do total geral de integrantes do estudo, 72% apontaram não ter o costume de usar camisinha, na idade entre 40 a 44 anos. Referente ao grupo dos 25 aos 29 anos, 68% explicaram não fazer essa utilização. O estudo também trouxe  a informação que 92% dos entrevistados têm ciência de que o preservativo evita as IST ‘s.

A evolução histórica do preservativo: 

A primeira camisinha com reservatório para o esperma surgiu em 1901, nos Estados Unidos, mas a maior evolução delas ocorreu com aquelas feitas de látex, a partir de 1880. Elas eram mais finas do que as iniciais, de borracha, necessitando de um menor trabalho para serem produzidas.

Estima-se que em 1935 cerca de 1,5 milhão camisinhas foram comercializadas nos Estados Unidos. Nos períodos seguintes, contudo, elas caíram em desuso, principalmente após o advento da pílula anticoncepcional. 

 

A partir de 1980, o HIV modificou a consciência mundial a respeito da sexualidade, principalmente quando se fala em sexo seguro. Assim, a camisinha voltou à cena, posto que é o único método capaz de reunir, em apenas uma ferramenta, a prevenção à gravidez indesejada e às infecções sexualmente transmissíveis.

No Brasil da década de 1980, por exemplo, começo da epidemia de HIV, os preservativos eram distribuídos apenas em datas específicas, como o Carnaval e o “Dia Mundial de Luta Contra Aids”, mas, de 1994 em diante, iniciou-se a distribuição ampla deles, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), facilitando o acesso da população.

Mas não adianta estar a disposição, é necessária a correta utilização do preservativo como forma de preservação da saúde sexual do indivíduo. Lembrando as mulheres que já temos também o preservativo feminino, então não fique refém do seu parceiro querer ou não usar a camisinha, use a feminina!

Cuide da sua saúde sexual!

 

Juliana Graça, sexóloga, palestrante, Terapeuta sexual, empreendedora da Juliana Graça Butique Íntima.

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do Folha da Vila.

Matéria relacionada

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

    A população de Porto Novo vai poder conferir diversos serviços de cidadania na 16ª edição do Cariacica + Perto de Você, que acontece neste sábado (24), no antigo

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

  Após os dias acelerados na cidade de Cachoeiro, onde o vereador Júnior Corrêa (PL) decidiu retirar seu nome da disputa, o PL agiu rápido e vem arquitetando seu palanque

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

  A Assembleia Legislativa do Espírito Santo inaugura no dia 21 de fevereiro a exposição "Camata - A Voz da Imigração Italiana", uma experiência única que homenageará o saudoso líder

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

  Fontes revelaram que o ex-prefeito e atual deputado estadual Theodorico Ferraço foi na desejada macieira do Partido Liberal cachoeirense (PL), pegou a bela maçã, poliu e a jogou no

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

  O início do Circuito da Folia na capital capixaba foi marcado pela presença de aproximadamente 100 mil foliões, celebrando o início do Carnaval. Uma iniciativa inédita da Prefeitura Municipal

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

  A primeira sessão ordinária de 2024 da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) ocorre nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15 horas. O presidente da casa de leis capixaba,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima