domingo, 25 de fevereiro de 2024

O que é o Outubro Rosa e quais os sintomas do câncer de mama.

 

O mês de outubro virou símbolo na luta contra o câncer de mama por meio da campanha Outubro Rosa. Prevista em lei desde 2018, ela tem objetivo de divulgar informações sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento da doença.

O câncer na região mamária, por sua vez, é um dos que mais atinge as mulheres no mundo. No Brasil, é o com a maior mortalidade entre a população feminina.

O levantamento mais recente do Instituto Nacional de Câncer (INCA), realizado em 2021, apontou que 18.361 brasileiros morreram pela doença naquele ano.

Na época, São Paulo registrou o maior número de óbitos, com 4.723. A lista segue com Rio de Janeiro (2.199) e Minas Gerais (1.712). Nos três estados, a pesquisa apontou que as mulheres de 60 a 69 anos foram as mais vitimadas.

Apesar de menos frequente, o câncer de mama também atinge os homens. De acordo com o INCA, foram 220 mortes em 2021. Como no caso feminino, São Paulo contabilizou o maior número de óbitos — 33 no total.

Desses, a maioria na faixa etária dos 70 a 79 anos. Até o fim de 2023, o INCA estima que 73.610 novos casos vão ser diagnosticados no país – o que, entre as mulheres, representa 66,54 a cada 100 mil.

Estudos indicam que o câncer de mama, quando identificado em estágios iniciais, apresenta prognóstico mais favorável no tipo de tratamento a ser adotado, o que possibilita 95% de cura, nas pacientes.

Segundo o Painel de Oncologia Brasil, no Espírito Santo foram registrados em 2022, 1.443 casos de mulheres com câncer. Em 2023, de janeiro a 15 de setembro, foram 676 casos registrados. Conforme o Núcleo Especial de Programação de Serviços de Saúde (Nepss), de janeiro a 28 de setembro deste ano, foram registradas 8.399 internações. Já durante todo o ano de 2022, foram 14.752 internações. Ainda segundo o Nepss, o Estado registrou o quantitativo de 175.475 procedimentos realizados em 2022 e 124.469, realizados de janeiro a 28 de setembro de 2023.

Já em relação à realização de mamografias, foram realizados 81.465 exames, em 2022, e 49.525 de janeiro a julho deste ano, conforme informações do Sistema de Informações Ambulatoriais do SUS (SIA/SUS) – Ministério da Saúde.

Quanto aos óbitos por câncer de mama feminino, segundo o Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), foram registrados no Estado em 2022, 369 mortes. E de janeiro a setembro deste ano, foram 244 óbitos em decorrência da doença.

 

Sinais e sintomas:

– Qualquer nódulo mamário em mulheres com mais de 50 anos;

– Nódulo mamário em mulheres com mais de 30 anos, que persistem por mais de um ciclo menstrual;

– Nódulo mamário de consistência endurecida e fixo ou que vem aumentando de tamanho, em mulheres adultas de qualquer idade;

– Saída espontânea de secreção unilateral (um dos mamilos);

– Lesão de pele na mama que não responde aos tratamentos tópicos;

– Homens com mais de 50 anos com tumoração palpável unilateral;

– Presença de linfadenopatia axilar;

– Aumento progressivo do tamanho da mama, com a presença de sinais de edema, como pele com aspecto de casca de laranja;

– Retração na pele da mama;

– Mudança no formato do mamilo.

 

Como e onde buscar tratamento:

Toda mulher, em qualquer faixa etária, deve conhecer seu corpo e estar atenta a qualquer alteração. Caso detecte algo, deve buscar orientação e ajuda em uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

Uma das medidas instituídas dentro da política pública para a detecção precoce do câncer de mama está no rastreamento por mamografia.

O exame deve ser feito por mulheres, na faixa etária dos 50 aos 69 anos, a cada 2 anos, mesmo que não apresentem sinais ou sintomas da doença e a porta de entrada dessa paciente é a Unidade Básica de Saúde (UBS), onde o médico da família faz a solicitação do exame. A partir do resultado, a paciente é encaminhada para uma unidade de referência para tratamento.

A possível cura da paciente pode ser avaliada após cinco anos de tratamento e acompanhamento das mulheres devido à complexidade da doença. Os tratamentos podem ser alternativos entre a quimioterapia, radioterapia e a hormônio terapia, de acordo com o tratamento adotado pelo fármaco, da conduta terapêutica adotada pelo oncologista e da resposta do organismo da paciente.

O Espírito Santo tem hospitais qualificados para a realização do tratamento de câncer de mama. Entre eles estão:

Hospital classificado como Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (CACON)

– Hospital Santa Rita de Cássia (HSRC-AFECC) – instituição filantrópica conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS);

Hospitais classificados como Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON)

– Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI) – instituição filantrópica, conveniada ao SUS;

– Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (Hucam) – instituição pública federal, vinculada à Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes);

– Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória (HSCMV) – instituição filantrópica, conveniada ao SUS, vinculada à instituição de ensino Emescam;

– Hospital Evangélico de Vila Velha (HEVV) – instituição filantrópica, conveniada ao SUS, vinculada à instituição de ensino Univix;

– Hospital Maternidade São José (HMSJ) – instituição filantrópica, vinculada ao SUS;

– Hospital Rio Doce – instituição filantrópica, vinculada ao SUS;

 

Ações realizadas durante o mês de outubro

Durante todo o mês, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), por meio da Área Técnica de Promoção da Equidade, e a Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (Afecc), promoverão palestras de esclarecimento sobre o câncer de mama em alguns municípios, entre eles: Anchieta, Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Presidente Kenedy e Vitória.

Programação:

10/10 às 09h30 – Palestra no Sistema Prisional de Bubu em Cariacica.

11/10 às 10h – Palestra no Instituto Braille de Vitória com a área técnica de Pessoa com deficiência (PCD).

17/10 a partir das 09h – Palestra a população LGBTI+ e pescadoras em Anchieta.

23/10 as 9h – Palestra na Aldeia Indígena Caieras Velha – Aracruz.

24/10 às 14h – Palestra com a AMAES (Mães de pessoas autistas e outras deficiências) + Grupo de Mães Eficientes no Auditório da Secretaria Estadual de Saúde em Vitória.

25/10 às 9h – Palestra no Centro Pop com a população em situação de rua em Cachoeiro de Itapemirim.

26/10 às 18h – Palestra para o Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB), em Colatina.

28/10 às 08h30 – Ação em Presidente Kenedy com a comunidade cigana e quilombola.

 

Ações realizadas nos hospitais estaduais

Hospital Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba)

Durante o mês de outubro, no Hospital Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila serão realizadas ações direcionadas aos colaboradores do hospital:

1- Cuidando Daquela que Cuida – Bom dia com acolhimento na recepção social e entrega de flores às mulheres colaboradoras que estarão deixando o plantão e para as que estarão assumindo o plantão que se inicia.

2- Dramatização de sombra – Palhaços vão abordar profissionais do Himaba oferecendo o ombro para acompanhá-las e, após três ou quatro passos, eles entregarão um cartão vermelho com a seguinte mensagem: “quanto tempo faz que você realizou o exame do câncer de mama?” – uma forma de conscientizar a colaboradora da importância do auto-cuidado.

3- Uma roda de conversa com café, na qual será abordado o tema, com a professora Luziane do curso de Biomedicina do IFES de Vila Velha, com o objetivo de enfatizar a importância da saúde do trabalhador.

Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves

A campanha Outubro Rosa ganhará diversas atividades no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra. A princípio, o hospital terá até o final de outubro, sua fachada iluminada na cor rosa, a cor da campanha.

Nos dias 18 e 19, acontecerá um Quiz, organizado pelo setor de Recursos Humanos (RH), que ocorrerá na entrada do refeitório.

Ainda nos dias 18 e 19 de outubro, o setor de Nutrição, vai preparar refeições especiais para serem servidas com a cor rosa, como arroz de beterraba e pudim chinês.

Ao longo do mês, na entrada da recepção principal da unidade, acompanhantes e familiares serão surpreendidos com um painel confeccionado pela Equipe Multidisciplinar. Nele, além de bolas e frases de empoderamento, haverá um espelho. “A ideia é que as mulheres se olhem e se valorizem. Vejam sua beleza e tenham orgulho do ser humano que são”, comentou Nívia Pereira, coordenadora da Equipe Multidisciplinar.

“Estaremos vestidos de rosa para lembrar a campanha e incentivar o diagnóstico precoce da doença. Enquanto instituição de saúde, temos a obrigação de disseminar informação e impulsionar o tratamento dessas muitas mulheres que lutam contra o câncer”, explicou o diretor geral do Hospital Dr. Jayme, Joubert Andrade da Silva.

Hospital Estadual Dr. Alceu Melgaço Filho

Para celebrar a campanha Outubro Rosa o Hospital Estadual Dr. Alceu Melgaço Filho, em Barra de São Francisco, realizará no dia 17 de outubro, às 13h, uma palestra com o médico mastologista Dr. Luiz Silva Neto, que abordará o tema sobre a importância da realização do autocuidado na prevenção do câncer, direcionada aos colaboradores, pacientes e usuários do hospital.

Matéria relacionada

Acordo amplia movimentação de granéis sólidos no porto em Vila Velha.

Acordo amplia movimentação de granéis sólidos no porto em Vila Velha.

  Em acordo firmado entre a autoridade portuária do Espírito Santo VPorts e o grupo paranaense de soluções logísticas FTSpar, foi oficializado, nesta quinta-feira (22) a parceria que deverá aumentar

Multidão faz festa na chegada do Vasco ao ES.

Multidão faz festa na chegada do Vasco ao ES.

  A torcida compareceu em peso na tarde desta sexta-feira (23) para recepcionar os jogadores do Vasco na chegada a Vitória com uma grande festa. Uma multidão de torcedores, que

Cariacica é a 1ª cidade do ES a iniciar a vacinação contra a dengue.

Cariacica é a 1ª cidade do ES a iniciar a vacinação contra a dengue.

  A vacinação contra a dengue no Espírito Santo começou nesta sexta-feira (23) e foi em Cariacica, na Unidade de Saúde de Morada de Santa Fé, que a imunização de

Festival Aracruz Sabores: gastronomia, shows e atrações para homenagear a imigração italiana.

Festival Aracruz Sabores: gastronomia, shows e atrações para homenagear a imigração italiana.

  O Festival Gastronômico Aracruz Sabores, que começou nesta quinta-feira, segue agitando o município até o domingo (25), na Praia de Santa Cruz. O evento reúne o melhor da gastronomia

Serra terá mutirão com atendimento gratuito de advogados neste sábado.

Serra terá mutirão com atendimento gratuito de advogados neste sábado.

  O Serra + Cidadã, que acontece neste sábado (24) em Balneário de Carapebus, vai oferecer assistência jurídica gratuita para processos relativos ao Direito de Família, oferecidos pelo Departamento de

ES recebe 58.530 doses de vacina contra dengue na primeira remessa nesta quinta-feira.

ES recebe 58.530 doses de vacina contra dengue na primeira remessa nesta quinta-feira.

  O Espírito Santo vai receber nesta quinta-feira (22) a primeira remessa de doses das vacinas contra a dengue para o início da imunização das crianças de 10 e 11

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima