sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Casagrande veta PL que obrigava o governo a sinalizar câmeras de cerco eletrônico nas estradas capixabas

 

Projeto de Lei tinha sido aprovado por unanimidade na Assembleia.

 

O governador Renato Casagrande vetou totalmente o Projeto de Lei 95/2023, que previa a correta sinalização para auxiliar os condutores a diferenciar radar e câmeras de cerco eletrônico nas vias urbanas e rodovias de todo Estado.

Na justificativa do veto, o governador enfatizou que a regulamentação a respeito de sinalização de rodovias, seja federal ou estadual, só pode ser legislada pela União, atribuindo ao Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) a competência para edição de normas regulamentares das diretrizes da Política Nacional de Trânsito e os padrões a serem praticados por todas as entidades que integram o Sistema Nacional de Trânsito.

O deputado estadual Wellington Callegari, autor do projeto, questionou o veto e diz que o ato é irresponsável: “nosso projeto visa salvar vidas. Obviamente, não estamos estabelecendo normas que ultrapassem as competências de cada órgão, estamos querendo a correta sinalização para auxiliar os condutores a diferença radar das câmeras de cerco eletrônico. Será que o governador não está acompanhando os noticiários? Infelizmente, várias pessoas morreram por falta de sinalização nesses pontos. O condutor quer segurança e informação, isso é obrigação do Estado”.

O deputado também lembrou que o projeto foi aprovado por unanimidade no plenário da Assembleia: “o veto do governo abre um precedente temerário e causa prejuízos não somente para os usuários das vias públicas, ele também arranha e compromete a autonomia política dos demais deputados. O projeto foi aprovado de forma unânime, porque a casa entendeu que se tratava de algo legal, urgente e extremamente necessário. Espero que a casa mantenha a coerência e derrube o veto”, apontou Callegari.

Na semana passada, o Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística do Espírito Santo (TRANSCARES), emitiu uma nota ao governador Renato Casagrande, solicitando a sanção do projeto: “Estamos convictos de que nosso Governador Renato Casagrande, sempre sensível às necessidades do setor de transportes, e, sobretudo, na preservação de vidas, sancionará e implementará a nova lei que traduz um grande avanço para a segurança de nossas rodovias”, dizia parte da nota.

Segundo informações, o veto deve ser lido e debatido nas próximas sessões da Assembleia Legislativa.

Matéria relacionada

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

    A população de Porto Novo vai poder conferir diversos serviços de cidadania na 16ª edição do Cariacica + Perto de Você, que acontece neste sábado (24), no antigo

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

  Após os dias acelerados na cidade de Cachoeiro, onde o vereador Júnior Corrêa (PL) decidiu retirar seu nome da disputa, o PL agiu rápido e vem arquitetando seu palanque

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

  A Assembleia Legislativa do Espírito Santo inaugura no dia 21 de fevereiro a exposição "Camata - A Voz da Imigração Italiana", uma experiência única que homenageará o saudoso líder

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

  Fontes revelaram que o ex-prefeito e atual deputado estadual Theodorico Ferraço foi na desejada macieira do Partido Liberal cachoeirense (PL), pegou a bela maçã, poliu e a jogou no

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

  O início do Circuito da Folia na capital capixaba foi marcado pela presença de aproximadamente 100 mil foliões, celebrando o início do Carnaval. Uma iniciativa inédita da Prefeitura Municipal

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

  A primeira sessão ordinária de 2024 da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) ocorre nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15 horas. O presidente da casa de leis capixaba,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima