sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Delegado que quebrou porta de delegacia deverá fazer tratamento e cumprir medidas de segurança.

 

A Justiça considerou o delegado Daniel Augusto Duboc Ferreira culpado por violação de domicílio, dano e ameaça. Ele havia se tornado réu após invadir e quebrar a porta de uma delegacia de Vitória e ainda ameaçar uma delegada.

Ao considerar os laudos psiquiátricos periciais que apontaram que o réu sofre de transtorno afetivo bipolar, a juíza responsável pelo caso o absolveu impropriamente por considerá-lo inimputável.

Pela legislação brasileira, pessoas que tenham doença mental ou desenvolvimento mental incompleto ou retardado, são incapazes de “entender o caráter ilícito do fato” e, por isso, são considerados inimputáveis. Nestes casos, a Justiça pode aplicar medidas de segurança.

No caso do delegado, a juíza Gisele Souza de Oliveira, da 4ª Vara Criminal de Vitória, determinou na sentença julgada na última segunda-feira (01) que o réu cumpra tratamento ambulatorial por tempo indeterminado e que, no prazo mínimo de um ano, passe por avaliação.

A magistrada também manteve as medidas cautelares que o delegado já havia sido submetido ao longo do processo, como a suspensão do exercício da função de delegado, a suspensão do porte de arma de fogo e a proibição de manter contato com a vítima.

A decisão atende ao pedido do Ministério Público do Estado, que, após encerrada a instrução processual, apresentou em suas alegações finais o pedido de absolvição imprópria do acusado com “a consequente aplicação da medida de segurança consistente em tratamento ambulatorial”.

Duboc foi acusado de ter invadido e quebrado a porta da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente, em Vitória, em março do ano passado. O delegado também havia sido denunciado por ameaça e desacato. Na época, ele chegou a ser preso.

Na sentença do caso, no entanto, a juíza responsável considerou a denúncia por desacato improcedente, isso porque, durante os atos do processo, a própria vítima negou ter sido desacatada.

“Está devidamente comprovada, diante de todo o conjunto probatório constante nos autos, a prática dos delitos de violação de domicílio, ameaça e dano pelo acusado Daniel Augusto Duboc Ferreira, não restando demonstrada, contudo, a prática do delito de desacato, razão porque se revela imperiosa a sua absolvição por estar provada a inexistência do fato em relação a este último delito”, descreveu a magistrada na sentença.

Matéria relacionada

Jogo entre Real Noroeste e Cuiabá pela Copa do Brasil é adiado por conta de fortes chuvas no ES.

Jogo entre Real Noroeste e Cuiabá pela Copa do Brasil é adiado por conta de fortes chuvas no ES.

  A partida entre Real Noroeste e Cuiabá, pela primeira fase da Copa do Brasil, prevista para a noite desta quarta-feira (21) foi adiada devido as condições do gramado do

Prefeitura abre processo seletivo para contratação de médicos residentes em Cariacica.

Prefeitura abre processo seletivo para contratação de médicos residentes em Cariacica.

  A Prefeitura de Cariacica abriu processo seletivo com quatro vagas para contratação de médicos residentes com salários que podem chegar a R$ 8.606. As inscrições podem ser feitas até

TSE cassa mandato de dois vereadores de Vila Velha.

TSE cassa mandato de dois vereadores de Vila Velha.

  O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, por unanimidade, pela cassação das chapas dos partidos PSDC, atual Democracia Cristã (DC), e do PTB, com a perda de mandatos

Praia de Itaparica recebe o Circuito Feminino de Beach Tennis Quatro Estações.

Praia de Itaparica recebe o Circuito Feminino de Beach Tennis Quatro Estações.

  As areias da Praia de Itaparica vão receber a 1ª etapa do Circuito Feminino de Beach Tennis Quatro Estações. O evento, que acontece neste sábado (24) e domingo (25),

Prefeitura de Vitória vai lançar concurso com 100 vagas para Guarda Municipal.

Prefeitura de Vitória vai lançar concurso com 100 vagas para Guarda Municipal.

  O ano de 2024 vai ser marcado por mais um avanço na segurança pública de Vitória. A Guarda Civil Municipal de Vitória ganhará um reforço no efetivo mediante a

Nova Venécia recebe o Botafogo-SP buscando vaga na 2ª fase da Copa do Brasil.

Nova Venécia recebe o Botafogo-SP buscando vaga na 2ª fase da Copa do Brasil.

  Com quase três anos de existência, o Nova Venécia participa pela segunda vez da Copa do Brasil e quer, mais uma vez, fazer história. Após avançar para a 2ª

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima