sábado, 25 de maio de 2024

Senado aprova redução de IR para 33 mil motoristas de aplicativo e taxistas no ES

 

O Senado aprovou projeto de lei que reduz a base de cálculo de Imposto de Renda (IR) para prestadores de serviços de transporte autônomos. São os taxistas e motoristas por aplicativo, categoria que tem no Estado cerca de 33 mil profissionais.

A proposta agora precisa ser analisada na Câmara dos Deputados. São cerca de 25 mil motoristas por aplicativo no Estado, segundo a Associação dos Motoristas de Aplicativos do Espírito Santo (Amapes) e cerca de 8 mil condutores de táxi, segundo o Sindicato Profissional dos Motoristas de Táxi no Estado (Sindtavi-ES).

O texto altera a Lei 7.713, de 1988, para propor que a base de cálculo do IR sobre a renda do transportador autônomo de passageiros seja reduzida de 60% para 20%.

Para o senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO), presidente da Comissão de Direitos Econômicos, que aprovou a proposta, a porcentagem atual não reflete a capacidade contributiva do transportador, que é agravada com o aumento dos custos com combustível e demais insumos, tornando-se “excessiva”.

Cardoso destacou que a Previdência Social considera a base tributável para fins de contribuição previdenciária, quando o serviço é prestado por condutor autônomo, o montante de 20% do valor da nota fiscal, devendo-se equiparar à do IR. E ressaltou que, segundo estudo da Organização das Cooperativas Brasileiras, o custos de manutenção e combustível correspondem a 80% do faturamento de um taxista, por exemplo, atualmente.

“Hoje, 40% do rendimento bruto do transportador autônomo é custo para trabalhar, sendo os 60% restantes utilizados como base para a tributação. Ocorre que esses percentuais estão desatualizados e prejudicando os motoristas de táxis, vans e por aplicativos. Os custos cresceram muito”, disse.

Segundo o relator, Sérgio Petecão (PSD-AC), o texto traz uma medida justa e de forte impacto social. Para ele, parte substancial do faturamento é utilizada para pagar os elevados custos associados ao serviço, como combustível, manutenção, e pneus, além do custo associado à aquisição do veículo.

Segundo o Poder Executivo, o projeto de lei pode provocar uma redução de receitas estimada em R$ 57 milhões ao ano. Como forma de compensação, o relator sugere ampliação em 0,1 ponto percentual na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) de financeiras até o final deste ano.

O projeto

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou projeto de lei que diminui o Imposto de Renda (IR) de taxistas e motoristas de aplicativo.

No Espírito Santo, 33 mil motoristas de aplicativo e de táxi serão beneficiados, caso se torne lei.

Atualmente, motoristas que fazem o transporte individual de passageiros têm desconto de 40% sobre a tributação dos rendimentos brutos no Imposto de Renda, ou seja, o tributo é cobrado sobre 60% dos rendimentos.

O projeto de lei aumenta o desconto para 80% —diminuindo, assim, o percentual dos rendimentos tributados para 20%.

O projeto de lei foi aprovado de forma terminativa na comissão e deve ser enviado para Câmara dos Deputados, se nenhum senador apresentar recurso para que haja votação no plenário do Senado.

Perda de arrecadação

O Ministério da Fazenda e a Receita Federal calculam que a perda de arrecadação com o desconto para os motoristas será de R$ 57 milhões em neste ano; R$ 61 milhões no próximo ano; e R$ 64 milhões em 2026.

A estimativa leva em conta declarações de IR de 2022 e desconsidera a entrada de novos contribuintes na base “em virtude de a atividade de transporte de passageiros se tornar mais atrativa em função do benefício”.

A pedido do governo, o relator, senador Sergio Petecão, determinou que o benefício terá validade de cinco anos.

Para compensar as perdas de arrecadação, Petecão acertou com o Ministério da Fazenda a ampliação em 0,1 ponto percentual a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) de instituições financeiras até o final de 2024.

O aumento na cobrança da CSLL somente entraria em vigor depois de três meses da eventual sanção do projeto de lei por Lula —respeitando o princípio tributário da chamada “noventena”.

Matéria relacionada

Vereador da Serra é baleado durante assalto em Vila Nova de Colares

Vereador da Serra é baleado durante assalto em Vila Nova de Colares

  O vereador da Serra Marlon Fred foi baleado na manhã desta quinta-feira (23), durante um assalto que aconteceu na porta de um comércio, no bairro Vila Nova de Colares,

Recorde nas exportações do agro capixaba no 1º quadrimestre deste ano

Recorde nas exportações do agro capixaba no 1º quadrimestre deste ano

  Nos quatro primeiros meses de 2024, as divisas geradas com as exportações do agronegócio no Espírito Santo somaram mais de US$ 928,9 milhões (ou R$ 4,8 bi), maior valor

Alerta para queda de até 5°C na temperatura no ES neste fim de semana

Alerta para queda de até 5°C na temperatura no ES neste fim de semana

    O Espírito Santo recebeu um alerta de perigo potencial do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para quedas de temperaturas durante o fim de semana. De acordo com o

Contratos sob suspeita em hospital no ES eram de luvas, aventais e máscaras

Contratos sob suspeita em hospital no ES eram de luvas, aventais e máscaras

  A investigação da Polícia Federal e da Corregedoria Geral da União (CGU) sobre contratos fraudulentos no Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, em Vitória, apontam que os acordos eram

489 anos de Vila Velha: cidade de cultura, história e turismo e onde começou o ES

489 anos de Vila Velha: cidade de cultura, história e turismo e onde começou o ES

  Nesta quinta-feira (23) é comemorado o aniversário de 488 anos de Vila Velha. A data marca o desembarque do português Vasco Fernandes Coutinho na Prainha, em 1535, a bordo

Projeto Orquestra de Violões nas Escolas oferece oportunidade para alunos da rede estadual

Projeto Orquestra de Violões nas Escolas oferece oportunidade para alunos da rede estadual

  A Secretaria da Educação do Estado (Sedu), em parceria com a Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mehr Informationen zum Bonuspaket und Umsatzbedingungen finden Sie auf der offiziellen Seite. und fairness Den vollen Funktionsumfang kklk Vulkan Internet casinos genießen nur unsere registrierten Spieler. nur über Das liegt daran, wenn jene zu 100% auf die Kuchen Bedingungen angerechnet werden. man kann Das Casino wird von Brivio Limited betrieben, einem in jeder Republik Zypern registrierten Unternehmen. vulkan vegas ist ein
Rolar para cima