sexta-feira, 24 de maio de 2024

Orquestra Jovem Vale Música recebe acordeonista renomado para homenagem a Dominguinhos.

 

Um dos acordeonistas mais importantes de sua geração, Marcelo Caldi (RJ) é o convidado do próximo concerto da Orquestra Jovem Vale Música, nesta quinta-feira (22), às 20 horas, no Teatro Universitário, na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Vitória.

Com regência do maestro Lucas Anizio, o programa vai revisitar a obra do inesquecível sanfoneiro e compositor Dominguinhos (1941-2013), nascido em Guaranhuns, em Pernambuco, em arranjos sinfônicos preparados especialmente para o espetáculo.

O concerto “Orquestra Jovem Vale Música convida Marcelo Caldi – Homenagem a Dominguinhos” tem patrocínio do Instituto Cultural Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

A entrada é franca, e os ingressos podem ser retirados na bilheteria do teatro, uma hora antes do início do espetáculo.

Segundo o maestro Lucas Anizio, a homenagem a Dominguinhos nasceu da ideia de valorizar a cultura brasileira e expandir o conhecimento dos alunos e do público que acompanha o Projeto Vale Música Espírito Santo.

“Este ano se completa 10 anos da morte de Dominguinhos e essa foi a forma que encontramos de homenagear este grande artista e trabalhar os ritmos brasileiros presentes em sua obra”, explica o maestro.

Com arranjos e interpretações de Marcelo Caldi, o repertório reunirá sucessos de Dominguinhos, como Eu só quero um xodó, Lamento sertanejo e De volta pro meu aconchego, entre outras preciosidades da obra do compositor, que se notabilizou como herdeiro de Luiz Gonzaga e modernizador da sanfona dentro da linha evolutiva da MPB.

“Foi bem difícil escolher entre tantas obras incríveis desse compositor. Sua musicalidade se destaca através de suas lindas melodias e letras inesquecíveis, acompanhadas do seu acordeon. Tudo foi pensado com muito carinho e esperamos qu e o público aprecie este momento”, afirma o maestro.

Orquestra Sanfônica

Pianista, compositor, arranjador sinfônico, produtor, cantor, maestro e diretor musical, Marcelo Caldi apresentou-se como solista de acordeon em concertos com as orquestras Petrobras Sinfônica, Sinfônica da Bahia, Sinfônica Cesgranrio, Sinfônica da UFF e Sinfônica do Recife, e já levou seu trabalho para Portugal, França, Itália, Alemanha e Japão. Entre outras atividades, é fundador e maestro da Orquestra Sanfônica do Rio de Janeiro.

Para o músico, a expectativa do concerto com a Orquestra Jovem Vale Música é a melhor possível.

“Tenho muito carinho pelas orquestras jovens, pelas orquestras de projetos sociais e profissionais. Eu me dedico porque sei que esses projetos têm um valor incrível, uma importância grande tanto como edição musical quanto como inclusão social. Tenho a alegria de poder fornecer meus arranjos, minhas contribuições musicais, a minha visão da música. Há mais de 10 anos atuo em orquestras pelo Brasil afora e será a minha primeira vez em Vitória”, revela Marcelo Caldi.

Em 2021, o acordeonista homenageou os 80 anos de Dominguinhos com a Orquestra Sanfônica do Rio de Janeiro, em uma celebração que teve participação especial de artistas como Lucy Alves e Juliana Linhares. Na visão dele, Dominguinhos é um norte para todos os sanfoneiros nos dias de hoje.

“Ele é um sanfoneiro de reconhecimento internacional e que tem as características completas de um músico: sensibilidade para tocar músicas das mais simples às mais complexas e virtuosas, incluindo as tristes e românticas. Inseriu a sanfona no ambiente da MPB, com canções que são reconhecidas em parcerias com Gilberto Gil, Anastácia, Chico Buarque. Dominguinhos também concebeu música instrumental de altíssima qualidade e de virtuosismo solando na sanfona”, exemplifica.

Possibilidades ilimitadas

Assim como Dominguinhos, Sivuca e outros sanfoneiros consagrados, Marcelo Caldi corrobora com a ideia de que a sanfona é um instrumento de possibilidades ilimitadas.

“A sanfona tem possibilidades harmônicas imensas. Ela faz melodias, acompanhamentos, e faz um ritmo harmônico muito específico. É muito interessante essa conjugação entre a mão esquerda e a direita e o fole auxiliando a expressividade do instrumento”, ensina o músico, comparando a sanfona com o piano.

“Diferentemente do piano, ela tem o fole que dá expressividade a cada nota. Você tem a possibilidade de fazer uma vibratória, de fazer uma nota que cresce e decresce. A sanfona nasceu para substituir os órgãos de igreja, é um órgão portátil e que pode fazer contrapontos. Tem todas as possibilidades para representar uma orquestra, por isso nada melhor do que uma sanfona sinfônica”, completa.

 

Serviço

Orquestra Jovem Vale Música convida Marcelo Caldi – Homenagem a Dominguinhos, com regência de Lucas Anizio

Data e horário: 22/jun (quinta-feira), às 20h

Local: Teatro Universitário – Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) – Av. Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras, Vitória

Entrada: Gratuita (retirada de ingressos na bilheteria do teatro, uma hora antes do início do espetáculo)

Matéria relacionada

Recorde nas exportações do agro capixaba no 1º quadrimestre deste ano

Recorde nas exportações do agro capixaba no 1º quadrimestre deste ano

  Nos quatro primeiros meses de 2024, as divisas geradas com as exportações do agronegócio no Espírito Santo somaram mais de US$ 928,9 milhões (ou R$ 4,8 bi), maior valor

Alerta para queda de até 5°C na temperatura no ES neste fim de semana

Alerta para queda de até 5°C na temperatura no ES neste fim de semana

    O Espírito Santo recebeu um alerta de perigo potencial do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para quedas de temperaturas durante o fim de semana. De acordo com o

Contratos sob suspeita em hospital no ES eram de luvas, aventais e máscaras

Contratos sob suspeita em hospital no ES eram de luvas, aventais e máscaras

  A investigação da Polícia Federal e da Corregedoria Geral da União (CGU) sobre contratos fraudulentos no Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, em Vitória, apontam que os acordos eram

489 anos de Vila Velha: cidade de cultura, história e turismo e onde começou o ES

489 anos de Vila Velha: cidade de cultura, história e turismo e onde começou o ES

  Nesta quinta-feira (23) é comemorado o aniversário de 488 anos de Vila Velha. A data marca o desembarque do português Vasco Fernandes Coutinho na Prainha, em 1535, a bordo

Projeto Orquestra de Violões nas Escolas oferece oportunidade para alunos da rede estadual

Projeto Orquestra de Violões nas Escolas oferece oportunidade para alunos da rede estadual

  A Secretaria da Educação do Estado (Sedu), em parceria com a Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito

Feirão de Empregos tem vagas para pessoas acima de 50 anos, nesta quarta em Vitória

Feirão de Empregos tem vagas para pessoas acima de 50 anos, nesta quarta em Vitória

  Chegou a vez da Geração + (pessoas acima de 50 anos de idade) no Feirão de Empregos do Sine Vitória. Nesta quarta-feira (22), serão ofertadas 500 vagas para esse

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mehr Informationen zum Bonuspaket und Umsatzbedingungen finden Sie auf der offiziellen Seite. und fairness Den vollen Funktionsumfang kklk Vulkan Internet casinos genießen nur unsere registrierten Spieler. nur über Das liegt daran, wenn jene zu 100% auf die Kuchen Bedingungen angerechnet werden. man kann Das Casino wird von Brivio Limited betrieben, einem in jeder Republik Zypern registrierten Unternehmen. vulkan vegas ist ein
Rolar para cima