domingo, 26 de maio de 2024

Obras do Cais das Artes serão retomadas ainda este mês

 

As obras do Cais das Artes devem ser retomadas ainda no mês de abril. A informação foi divulgada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-ES), que se reuniu com representantes do Departamento de Edificações e Rodovias do Estado do Espírito Santo (DER) e da Dan Engenharia — empresa que irá auxiliar o DER na fiscalização da obra — na segunda-feira (1º).

“A informação que temos é que o consórcio responsável começou a parte de montagem do canteiro de obras e está fazendo a limpeza e o diagnóstico dos problemas causados pelo tempo de paralisação. Assim que for concluída esta etapa a obra deverá ser retomada”, disse o auditor Guilherme Fernandes.

Esta foi a primeira reunião do grupo após a assinatura do acordo para retomada dos trabalhos, em junho de 2023 — a expectativa é que sejam realizadas encontros mensais para acompanhar o desenvolvimento da obra.

No encontro inicial, auditores apresentaram como será realizada a fiscalização, na forma de acompanhamento, durante a retomada da obra. Sobre o trabalho, Fernandes destaca que se trata de uma fiscalização indireta da obra.

“Como é um acompanhamento em tempo real, a gente não pode se sobrepor ao órgão estadual e fazer algo que eles deveriam fazer. Contudo, ao verificar se a fiscalização do DER está sendo feita corretamente, de forma indireta, nós garantimos que a obra está seguindo da forma correta, respeitando prazos, custos e qualidade”, detalha o auditor.

Internamente, auditores chamam o formato de fiscalização ‘em tempo real’. O acompanhamento é feito de forma contínua, sendo possível apontar e corrigir eventuais erros antes da conclusão da obra. O trabalho do TCE-ES é verificar, essencialmente, se o andamento do projeto atende os requisitos de prazos, qualidade e pagamentos definidos no projeto e contratos já assinados.

Para a secretária de Fiscalizações do TCE-ES, Flavia Holz, este modelo de fiscalização é adequado para obras de grande porte e complexidade, caso do complexo cultural. “Esse é o objetivo do Tribunal de Contas. Acompanhar de perto esse processo do cumprimento do acordo, para que a gente finalmente tenha a conclusão do Cais das Artes”, afirma.

Fiscalização

Segundo informações do Governo do Estado, a primeira fase das obras, prevista no contrato, será a execução dos serviços de reforma, reparação e recuperação das instalações já construídas, necessárias para a continuidade do projeto.

No entanto, antes da retomada oficial das obras, será realizada uma análise dos documentos relativos à contratação e às medições — incluindo relatórios, ensaios tecnológicos e outros documentos que a equipe julgar necessários. Também serão realizadas inspeções in loco.

“A equipe [de auditoria] foi apresentada formalmente ao DER. E ela, a partir de agora, vai continuamente analisando os documentos que comprovam que a obra está sendo feita adequadamente”, explica Holz.

A auditoria tem como foco três requisitos principais:

• Prazos: verificar se o andamento da obra é compatível com o prazo previsto para execução do contrato.

• Qualidade: verificar se os materiais serviços e equipamentos utilizados para execução dos serviços é compatível com as especificações contidas nos documentos da contratação.

• Pagamentos: verificar se os valores das medições correspondem no máximo ao valor dos serviços executados no período considerado.

O modelo de fiscalização adotado já foi utilizado em outras grandes obras no Estado, como o Hospital Geral de Cariacica e a Penitenciária de Vila Velha.

“Esse tipo de fiscalização é muito positivo porque quando verificamos que há algo incorreto, os responsáveis logo buscam corrigir. Logo, ele evita que a irregularidade aconteça. E isso é bem melhor do que quando a fiscalização é feita depois da obra pronta – você até aponta os erros, mas o responsável, muitas vezes, não tem tempo para corrigir”, compara o auditor Guilherme Fernandes.

A obra no Cais das Artes teve início em abril de 2010, porém o contrato inicial foi rescindido no ano de 2012. Em junho do ano passado, o Governo do Estado e o Consórcio responsável pela construção assinaram um acordo para a retomada e conclusão dos trabalhos — a previsão é que a conclusão dure 30 meses, a contar da época da assinatura.

Matéria relacionada

Vereador da Serra é baleado durante assalto em Vila Nova de Colares

Vereador da Serra é baleado durante assalto em Vila Nova de Colares

  O vereador da Serra Marlon Fred foi baleado na manhã desta quinta-feira (23), durante um assalto que aconteceu na porta de um comércio, no bairro Vila Nova de Colares,

Recorde nas exportações do agro capixaba no 1º quadrimestre deste ano

Recorde nas exportações do agro capixaba no 1º quadrimestre deste ano

  Nos quatro primeiros meses de 2024, as divisas geradas com as exportações do agronegócio no Espírito Santo somaram mais de US$ 928,9 milhões (ou R$ 4,8 bi), maior valor

Alerta para queda de até 5°C na temperatura no ES neste fim de semana

Alerta para queda de até 5°C na temperatura no ES neste fim de semana

    O Espírito Santo recebeu um alerta de perigo potencial do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para quedas de temperaturas durante o fim de semana. De acordo com o

Contratos sob suspeita em hospital no ES eram de luvas, aventais e máscaras

Contratos sob suspeita em hospital no ES eram de luvas, aventais e máscaras

  A investigação da Polícia Federal e da Corregedoria Geral da União (CGU) sobre contratos fraudulentos no Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, em Vitória, apontam que os acordos eram

489 anos de Vila Velha: cidade de cultura, história e turismo e onde começou o ES

489 anos de Vila Velha: cidade de cultura, história e turismo e onde começou o ES

  Nesta quinta-feira (23) é comemorado o aniversário de 488 anos de Vila Velha. A data marca o desembarque do português Vasco Fernandes Coutinho na Prainha, em 1535, a bordo

Projeto Orquestra de Violões nas Escolas oferece oportunidade para alunos da rede estadual

Projeto Orquestra de Violões nas Escolas oferece oportunidade para alunos da rede estadual

  A Secretaria da Educação do Estado (Sedu), em parceria com a Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mehr Informationen zum Bonuspaket und Umsatzbedingungen finden Sie auf der offiziellen Seite. und fairness Den vollen Funktionsumfang kklk Vulkan Internet casinos genießen nur unsere registrierten Spieler. nur über Das liegt daran, wenn jene zu 100% auf die Kuchen Bedingungen angerechnet werden. man kann Das Casino wird von Brivio Limited betrieben, einem in jeder Republik Zypern registrierten Unternehmen. vulkan vegas ist ein
Rolar para cima