domingo, 25 de fevereiro de 2024

Famílias de baixa renda em Vitória recebem auxílio para alimentação

 

 

No primeiro momento, cerca de 5.400 famílias serão contempladas com o beneficio, mas esse número pode aumentar

Famílias de Vitória em situação de extrema pobreza receberam auxílio de mais de R$112 reais para alimentação neste sábado (11), durante evento no Tancredão, em Mario Cypreste. O benefício será pago por meio de cartão magnético. 

A dona de casa, Marinalva Ferreira, é uma das beneficiárias do Programa Vix+Cidadania oferecido pela Prefeitura de Vitória que prometeu distribuir o valor de R$ 112,88 por mês para famílias carentes no município. Segundo ela, o valor vai ajudar com o básico dentro de casa.

“Vai ajudar a comprar o leite, o açúcar para as crianças. Eu não posso trabalhar, porque tomo conta das duas. Agora, vou conseguir comprar o básico, pelo menos”, disse ela.

Esse valor, que será depositado no cartão que as famílias receberam, poderá será utilizado para compra de alimentos e até gás de cozinha. 

No primeiro momento, cerca de 5.400 famílias serão contempladas com o beneficio, mas esse número pode aumentar. Semanalmente, as famílias que tem o direito ao auxílio poderão ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea) do seu respectivo bairro para consultar se tem ou não direito ao benefício.

A cerimônia contou com a presença do prefeito Lorenzo Pazolini que contou que o objetivo do auxílio é possibilitar que as famílias de baixa renda tenham condições de comprar o básico para sobreviver.

“Nós estamos investindo quase R$ 14 milhões com recursos próprios, com dinheiro que nós economizamos e que era mal gasto. Esse cartão já será entregue a partir de hoje. As pessoas poderão ir ao mercado, às vendas, e adquirir tudo isso: alimento, arroz, feijão e gás de cozinha. Tudo o que é importante para uma família viver com dignidade”, destacou.

Para a Secretária de Assistência Social, Cintya Shulz, a utilização de cestas básicas não atendeu as necessidades das famílias e limitou a opção de alimentos, já que só seria possível fornecer produtos não perecíveis. 

“Quando você entrega uma cesta de alimentos física, é muito difícil você colocar produtos in natura e proteína. Às vezes você coloca itens em que a família nem faz consumo. É uma cesta voltada para alimentos não perecíveis. Então, nutricionalmente falando, ela é pobre. Então com isso (o cartão), nós damos autonomia para as pessoas comprarem o que elas mesmas consomem”,explicou ela.

Matéria relacionada

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

Cariacica + Perto de Você: diversos serviços de cidadania neste sábado (24)

    A população de Porto Novo vai poder conferir diversos serviços de cidadania na 16ª edição do Cariacica + Perto de Você, que acontece neste sábado (24), no antigo

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

PL de Cachoeiro vai anunciar nome de pré candidato a Prefeitura na próxima 5° feira

  Após os dias acelerados na cidade de Cachoeiro, onde o vereador Júnior Corrêa (PL) decidiu retirar seu nome da disputa, o PL agiu rápido e vem arquitetando seu palanque

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

Assembleia Legislativa do Espírito Santo celebra 150 da imigração italiana com exposição interativa

  A Assembleia Legislativa do Espírito Santo inaugura no dia 21 de fevereiro a exposição "Camata - A Voz da Imigração Italiana", uma experiência única que homenageará o saudoso líder

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

As mãos de Ferraço no episódio Juninho Correa, será?

  Fontes revelaram que o ex-prefeito e atual deputado estadual Theodorico Ferraço foi na desejada macieira do Partido Liberal cachoeirense (PL), pegou a bela maçã, poliu e a jogou no

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

Primeiro dia do Carnaval no Centro de Vitória reúne 100 mil pessoas

  O início do Circuito da Folia na capital capixaba foi marcado pela presença de aproximadamente 100 mil foliões, celebrando o início do Carnaval. Uma iniciativa inédita da Prefeitura Municipal

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

Assembleia retoma sessões ordinárias com 32 projetos na ordem do dia

  A primeira sessão ordinária de 2024 da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) ocorre nesta terça-feira, 6 de fevereiro, às 15 horas. O presidente da casa de leis capixaba,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima